Cultural Care Au Pair

A sueca Tove Meyer, foi au pair da Cultural Care em Chicago entre 2002 e 2003. Atualmente, é jornalista, autora renomada e produtora de um famoso talk show na Escandinávia.

Embedded content: https://www.youtube.com/watch?v=Nxn78WI3Q0s

Eu me lembro que assim que saí do aeroporto, reparei em um semáforo e aquilo mexeu comigo, pois parecia muito maior e diferente de tudo que eu já tinha visto. Era minha primeira vez nos EUA e também a primeira vez que eu ficaria longe de casa por um período tão longo. Assim que pisei fora do avião passei a depender exclusivamente de mim.

Felizmente ao conhecer minha família anfitriã, eu me senti em casa. Eles tinham uma mente aberta, nos entendemos muito bem na já na primeira conversa que tivemos pessoalmente sobre as crianças e o meu trabalho com elas. Me senti muito capaz, tendo em mente o objetivo do programa e fui recebida de braços abertos. Eles depositaram toda confiança em mim e eu, em contrapartida, sabia que poderia oferecer algo muito especial aos seus filhos. Graças a esta atitude, passei a acreditar ainda mais em mim e consegui muito mais do que poderia imaginar.

Foi durante meu ano como au pair que comecei a descobrir quem realmente eu era e o que queria para minha vida. Percebi que era uma pessoa super sociável, aventureira e com uma mente muito criativa. Comecei a escrever muitos contos e romances no meu quarto e me convenci de que era realmente boa naquilo. Ganhei alguns concursos de redação nos EUA e tive algumas obras publicadas quando retornei à Suécia. (Sim, nesta época já existia internet e eu estava totalmente envolvida neste universo!)

Adorei a forma como fui conhecendo as pessoas naturalmente no supermercado e na escola das crianças que eu cuidava. Conheci muita gente e comecei a ouvir as histórias de cada um. Acredito que foi justamente este interesse em ouvir os outros, que me levou a seguir a carreira de jornalista mais tarde. Atualmente trabalho com histórias de vida diferentes todos os dias.

A experiência como au pair faz toda diferença em um CV, porque é a prova de que você trabalhou duro, assumiu responsabilidades e foi corajosa o suficiente para deixar seu país em busca de uma nova cultura. Mas eu diria também que é enriquecedora em todos os sentidos. Uma aventura e um desafio incomparáveis, uma experiência cultural que, de certa forma, irá mudar sua maneira de ser para o resto da vida.